Recepcionista: a alternativa virtual

O que você achou deste post?

E se você pudesse substituir a sua recepcionista por uma alternativa virtual? Aqui está como fazer isso

Que tal reduzir os custos da sua empresa com uma recepcionista virtual? Aqui estão algumas dicas para você fazer isso.
Que tal reduzir os custos da sua empresa com uma recepcionista virtual? Aqui estão algumas dicas para você fazer isso.

Dentre as atividades de uma empresa, as que são mais comumente realizadas remotamente, temos:

  • SAC/Call Center (grandes empresas em geral).
  • Força de vendas (vendedores e representantes).
  • Secretárias compartilhadas (empresas de qualquer porte).
  • Forças de campo (suporte).
  • Consultores.

Vamos entender melhor os custos envolvidos em uma estrturua de SAC, call center e as secretárias compartilhadas.

  • SAC e call center: 1 posição de atendimento e 2 atendentes em períodos de 6 horas de trabalho cada podem variar entre 7 mil e 9 mil reais mensais. Essa é uma estrutura cara, e não permite o atendimento de mais de 1 chamada ao mesmo tempo.
  • Secretárias compartilhadas: fazem atendimento remoto, recebem pedidos, abrem chamado de suporte e outras solicitações. O resumo das tarefas é enviado via e-mail para as empresas, e as chamadas podem ser redirecionadas. Custam a partir de 490 reais mensais.

Agora que você entendeu a diferença, conheça o comparativo das opções para a sua empresa.

Empresa Dedicada Compartilhada
Principais empresas A sua Prestus
Custo típico (1 cadeira ocupada das 9h às 17h) R$ 4.900,00
(sem supervisão)
R$ 490,00
(até 110 ligações/mês)
Horário de atendimento Das 8h às 17, de segunda à sexta, sem atendimento no horário de almoço Das 8h às 8h, de domingo a domingo (24hx7)
Ligações atendidas simultaneamente 1 chamada – demais em fila Até 5 chamadas – demais em fila
Acompanhamento das chamadas via web NÃO SIM

Aqui está uma curva de desempenho do custo x benefício de implementar uma modalidade de trabalho dessa em sua empresa.

Faça a conta e chegue à conclusão: uma recepcionista virtual pode ser a solução para reduzir seus custos e aumentar a eficiência.
Faça a conta e chegue à conclusão: uma recepcionista virtual pode ser a solução para reduzir seus custos e aumentar a eficiência.

Como contratar uma recepcionista virtual para a sua empresa

Agora que você já visualizou os benefícios de uma recepcionista visual, com redução de custos real, entenda como contratar:

  1. Definir script de atendimento: como os atendentes irão recepcionar as chamadas atendidas.
  2. Definir e-mail para solicitações (encaminhamento de recados, chamados, e contato de relacionamento).
  3. Divulgar número de atendimento e direcionar as chamadas para a empresa de telemarketing.

Como funciona?

A Prestus cria um número de telefone fixo exclusivo para você no DDD de sua preferência. Você pode divulgar esse número em todos os seus materiais de marketing e vendas.

Quando o cliente liga para o número divulgado, profissionais altamente qualificados atendem a chamada em nome da sua empresa, e seguem um roteiro que você mesmo define.

No final, você ainda recebe um resumo de sua chamada via e-mail e/ou SMS. Tudo que você precisa fazer para começar é escolher o seu plano.


Sobre Alexandre Borin

Alexandre Borin é CEO da Prestus®, empresa líder desde 2009, em Assistentes Virtuais e Secretárias Compartilhadas 24 horas. Depois de atuar por 8 anos na Ericsson Telecomunicações, indo de trainee a diretor em menos de 2 anos, foi do acúmulo de responsabilidades que teve a grande ideia e decidiu deixar o cargo para fundar a Prestus®, que comercializa o Número Mágico, um número de telefone exclusivo, para você receber e direcionar as chamadas que não pode atender do seu celular ou fixo. Sempre que seu telefone toca, toca e ninguém atende, nossas secretárias compartilhadas atenderão remotamente suas ligações, direcionando as solicitações e pedidos do cliente por email para você, garantindo os seus negócios. Em menos de 1 ano a Prestus® ganhou um Prêmio de Inovação, dezenas de clientes e foi capa da revista PEGN (Setembro/2010). Borin é formado pela UNICAMP em Engenharia Elétrica (curso que iniciou no ITA, em 1995), pós-graduado em Marketing, e MBA Executivo pelo IBMEC. http://www.linkedin.com/in/alexandreborin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *