EMPREENDEDOR: Você já registrou sua marca? Sabia que sem registro você pode perdê-la?

O que você achou deste post?

Empreendedores podem perder o direito de utilizar nome, logotipo e site e devem encerrar atividades

EMPREENDEDOR: Não perca sua marca por falta de registro!

Você fez um plano de negócios, captou investimento, planejou, estudou a concorrência e, finalmente, lançou sua marca, serviço ou produto no mercado. De repente, após ter um logotipo, um site no ar, perfil corporativo nas redes sociais, folders e cartão de visitas impressos, você recebe uma notificação informando que sua marca está proibida de atuar no mercado e que você deve retirar do ar toda a sua comunicação e atividade, inclusive, derrubando seu site! É mais que um pesadelo, é uma realidade para muitos empreendedores que desconhecem os processos para registro de uma marca!

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, 60% das empresas, em 2017, fecharam as portas nos primeiros cinco anos de atuação e um dos motivos para que empresas encerrem suas atividades está no impedimento legal do uso da marca.

Isso acontece quando, dentro de um mesmo segmento de atuação, já existe outra marca com nome igual ou similar (basta ter uma palavra no nome da marca ou alguma característica visual no logotipo, que faça referência a outra marca já registrada para que haja o impedimento legal).

No Brasil, o único órgão regulador para registro de marcas e patentes é o Instituto Nacional de Propriedade Industrial – INPI. Atualmente, sua cartilha de orientações técnicas para requerimento do registro de uma marca ou patente conta com aproximadamente 200 páginas de orientações técnicas e legais.

Solicitar um registro ou patente de uma marca ou produto é um processo que pode demorar até 30 meses e nesse período há várias fases com solicitações específicas e técnicas, além de prazos que não podem ser perdidos. Há questões, por exemplo, sobre as quais somente um advogado especialista em propriedade intelectual pode intervir.

E se você pensa que custa caro registrar sua marca, está enganado! O valor médio de mercado é de aproximadamente R$ 1.500,00. Por aí dá para fazer um cálculo rápido de custo vs. benefício. Se você investiu mais ou menos R$ 5.000,00 em comunicação para criar um site e logotipo, além de todo o valor com impressão de material gráfico, compra de suprimentos, matéria-prima, treinamento de pessoal, entre outros, certamente o prejuízo será muito maior se a marca for impedida de ser utilizada.

Por isso, é de extrema relevância consultar uma empresa especializada em registro de marcas e patentes para lhe orientar nesse processo.

E, enquanto você dedica seu tempo para cuidar do registro da sua marca ou patente e a outras questões estratégicas da empresa, o seu negócio não pode parar! A Prestus Secretárias Compartilhadas pode auxiliar significativamente seus negócios, realizando o atendimento receptivo e ativo dos seus clientes e potenciais clientes, em nome da sua empresa, com uma equipe especializada e treinada, disponível 24 horas por dia, se necessário! Quer saber como funciona? Basta agendar uma consultoria grátis com um dos nossos especialistas para descobrir como otimizar o atendimento do seu negócio.

Um abraço, bons negócios e até o próximo post!


Sobre Alexandre Borin, CEO da Prestus Alexandre Borin

Alexandre Borin é CEO da Prestus®, empresa líder desde 2009, em Assistentes Virtuais e Secretárias Compartilhadas 24 horas. Depois de atuar por 8 anos na Ericsson Telecomunicações, indo de trainee a diretor em menos de 2 anos, foi do acúmulo de responsabilidades que teve a grande ideia e decidiu deixar o cargo para fundar a Prestus®, que comercializa o Número Mágico, um número de telefone exclusivo, para você receber e direcionar as chamadas que não pode atender do seu celular ou fixo. Sempre que seu telefone toca, toca e ninguém atende, nossas secretárias compartilhadas atenderão remotamente suas ligações, direcionando as solicitações e pedidos do cliente por email para você, garantindo os seus negócios. Em menos de 1 ano a Prestus® ganhou um Prêmio de Inovação, dezenas de clientes e foi capa da revista PEGN (Setembro/2010). Borin é formado pela UNICAMP em Engenharia Elétrica (curso que iniciou no ITA, em 1995), pós-graduado em Marketing, e MBA Executivo pelo IBMEC. http://www.linkedin.com/in/alexandreborin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *