Advocacia: 3 erros comuns no atendimento telefônico

O que você achou deste post?

Sabemos que nenhum profissional nasce com um manual de instruções sobre determinados comportamentos/reações no que tange à aquisição, atendimento e fidelização de clientes. Pensando nisto, estamos sujeitos a cometer gafes que, muitas vezes, passam despercebidas, mas que podem afetar a decisão do cliente na hora do fechamento do negócio.

adv atendimento

Por este motivo, listamos os erros mais comuns cometidos por escritórios e profissionais de advocacia, quando nos referimos ao atendimento telefônico ao cliente. Esperamos que você NÃO se identifique com nenhum deles:

  • Atender ligações durante uma consulta presencial com outro cliente: No momento da consulta presencial, o cliente precisa se sentir valorizado e priorizado, pois, ele agendou uma consulta, se locomoveu até o escritório, possivelmente aguardou alguns minutos para ser chamado, além de que, certamente, investiu algo para realizar aquele contato.
  • Não retornar ligações, rapidamente: Muitas vezes, quem liga, precisa somente de alguma informação rápida que a própria secretária pode resolver, mas outras vezes precisa tirar alguma dúvida específica sobre o seu caso. Nestes casos mais específicos, será necessário que o advogado, sabendo do que se trata, retorne a ligação assim que possível. Quando isto não acontece, o cliente perde o interesse e entusiasmo pela parceria.
  • Não estar disponível: Sabemos que a rotina dos profissionais de advocacia é extremamente agitada e com pouquíssimo tempo livre durante a semana. Em diversas pesquisas de atendimento que fizemos com este segmento, um dos maiores sonhos do profissional de advocacia é ter mais tempo disponível para realizar seu serviço e até mesmo para outras atividades pessoais. Não estar disponível a um cliente que liga, no entanto, pode parecer que você não está interessado no caso ou simplesmente não faz questão de ter aquele potencial cliente, como cliente. Neste momento, de aproximação inicial, o cliente está considerando o mais importante: relacionar-se ou não com o seu negócio. Pequenos sinais de dificuldades neste processo, permitem ao cliente imaginar como será difícil resolver as coisas, no futuro, caso ele tenha problemas no “pós-fechamento” (“pós-venda”)

Mostre-se atencioso e pré-disposto a ajudar seu cliente, desde o contato telefônico inicial; pois será neste momento que ele decidirá se irá investir seu tempo e dinheiro no seu escritório ou se continuará interessado em conhecer seus concorrentes.

DICA: Hoje em dia, o serviço de Secretárias Compartilhadas da Prestus auxilia profissionais e empresas para que estes erros mencionados acima não aconteçam, e você tenha mais foco e qualidade de vida. Nossas secretárias atendem estas ligações, agendam consultas e reuniões, enviam lembretes, efetuam cobranças, e até mesmo tiram dúvidas rápidas, caso seja do seu interesse. É tão simples e rápido como definir o script e programar as linhas do seu escritório e os celulares dos sócios. Agende uma consultoria grátis.

Grande abraço.
Até o próximo post.

blog


Sobre Alexandre Borin

Alexandre Borin é CEO da Prestus®, empresa líder desde 2009, em Assistentes Virtuais e Secretárias Compartilhadas 24 horas. Depois de atuar por 8 anos na Ericsson Telecomunicações, indo de trainee a diretor em menos de 2 anos, foi do acúmulo de responsabilidades que teve a grande ideia e decidiu deixar o cargo para fundar a Prestus®, que comercializa o Número Mágico, um número de telefone exclusivo, para você receber e direcionar as chamadas que não pode atender do seu celular ou fixo. Sempre que seu telefone toca, toca e ninguém atende, nossas secretárias compartilhadas atenderão remotamente suas ligações, direcionando as solicitações e pedidos do cliente por email para você, garantindo os seus negócios. Em menos de 1 ano a Prestus® ganhou um Prêmio de Inovação, dezenas de clientes e foi capa da revista PEGN (Setembro/2010). Borin é formado pela UNICAMP em Engenharia Elétrica (curso que iniciou no ITA, em 1995), pós-graduado em Marketing, e MBA Executivo pelo IBMEC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *